Diversos Assuntos


Nutrição e Cia como o próprio nome já diz mostra também post que abordam assuntos tais como: filhos, informação, orientação, diversão, bichos, amizade entre outros. Seja um seguidor e ganhe mais conteúdo no seu dia a a dia.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Selinho Feliz Ano Novo

O Nutrição e Cia deseja á todos os blogs queridos, que segui carinhosamente desde seu início, em maio de 2010. Uma passagem de ano maravilhosa, regado a muito champanhe e cheio de pessoas adoráveis e agradáveis ao redor. Segue minha lista de pessoas que adorei conhecer, mesmo que virtualmente.

  •  Fernanda: Mamma Mini;
  • Dri: Bolsinha da Dri;
  • Milka: Mãe de meninas;
  • Simone: Festas e Cia;
  • Fabi: para-vc-com-amor;
  • Ju: ana lu espoleta;
  • Ana Paula: casinha da Sophia;
  • Marina: Pequeno guia prático;
  • Mariana Hessel: Mari e Pe;
  • Juliana: Mil faces de Juliana;
  • Priscilla: Blog de mãe e filha;
  • Dany: Mamy de Matheus;
  • Paula Dreger: b-de-bel;
  • Carol Santana: Shilola;
  • Carol Passoelo: Vinhos, viagens e uma vida comum;
  • Kah: Tutto Petit;
  • Paty Fortunato: bypatyfortunato;
  • Renata: Desmanual;
  • Dani: Danimoren artes;
  • Flavia Fiorillo: Mamãe sabe tudo;
  • Michelle: Tagarelices e Pensamentos;
  • Camila: Mamãe tá ocupada;
  • Ana Karla: Misturação;
  • Clauo: blog da Clauo;
  • Mi Satake: É poético e legal;
  • Lua: Coisa-de-mãe;
  • Mari: mãe de dois;
  • Amanda: Ser mulher é o máximo;
  • Juliana: Dona Chuvisca;
  • Raquel: Mãe 24hs;
  • Juliana: Pinguinho da mamãe;
  • Di: Mãe bipolar, filha Jacaré;
  • Renata Rezende: Dicas Green;
  • Dani: Criança bem vestida;
  • Bianca: Bia Cris e Lulu;
  • Eliane: Provance Home Banho;
  • Chris: Inventando com a mamãe;
  • Ana: Mãe mochilheira, filho malinha;
  • Mariana: Maricandi;
  • Simone: Flor de Sofia;
  • Vanessa Datrino: Datrino Design;
  • Fernanda Piovezani: Mãe da Lulu;
  • Ana Paula: Doce Gigi;
  • Ioly: Verdades de mãe;
  • Gil: Coisas da Gil;
  • Tah: Lu não larga a chupeta;
  • Vanessa Dias: Virei mãe, e agora?;
  • Tathyana: Nossas coisas de mãe pra filha;
  • Sarah: Mãe do Bento;
  • Roberta: Braços de polvo e coração de manteiga;
  • Mari: Viciados em colo;
  • Márjore: Maricotata;
  • Mari: Maricota retalho na madeira;
  • Gabriela Prado: A mãe sou eu;
  • Carol Garcia: Viajando na maternidade;
  • Cláudia: Bela chá de baunilha;
  • Eliane: Lar, família e cia;
  • Dani Moreno: Moça de família
  • Patricia: Nossa princesa Giovana;
  • Samara: Simples assim;
  • Ana: Chá com bolinhos;
  • Célia: Sentir bem sentir;
  • Andréa Palomo: Ovos com geléia;
  • Lia: Um, dois, três saco de farinha;
  • Flávia: Avassaladora;
  • Renata: Lita e os gatos;
  • Ana: Balde, areia e balanço;
  • Paloma: Mãe de primeira.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Natal=Ano Novo

Na maioria das casas a ceia do ano novo é bem parecida com a do natal. Mas de onde surgiram essas tradições alimentares? Segundo a professoa Gisele Pontaroli (PUC-PR), os portugueses exerceram grande influência sobre a nossa ceia. "Rabanadas", castanhas, assados suínos, cabrito e frango são algumas das heranças de Portugal que estão presentes na nossa mesa até hoje". O peru veio para o Brasil por meio da cultura dos americanos, que, por sua vez, foi inflenciada pela cultura dos ingleses. No século XIX, os britânicos substituíram o cisne pelo peru como ave de Natal, o que provocou sua popularização e a posterior introdução como prato principal na ceia tanto na Europa como nas Américas, incluindo o Brasil.
Já o panetone chegou aqui por intermédio dos italianos, porém, não se sabe exatamente sua origem. Dizem que há várias lendas sobre seu aparecimento, mas nenhuma teoria é confirmada. O certo é que seu sabor está diretamente ligado a essas festas de final de ano. No Brasil, ele foi popularizado depois da Segunda Guerra Mundial pelas mãos dos italianos e também devido ao senhor Carlo Bauducco.
Como ficou então a mistura brasileira: Alguns alimentos sofreram modificações para se adaptarem ao paladar nacionals. Por exemplo, a inclusão da castanhado-pará, das nozes e das amêndoas nas preparações tradicionais dos pratos festivos. Além das frutas tropicais que enfeitam a mesa. Os temperos típicos das regiões brasileiras também fazem parte do preparo desses pratos. Assim, os alimentos,mesmo os importados, acabam sendo adaptados aos sabores da nossa terra. Em cada região do Brasil há tendências diferentes de consumo.
Revista Federal de Nutricionistas nº32 - 2010

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

TCC Publicado

Primeiro gostaria de agradecer ao carinho das minhas seguidoras desde o início do Nutrição e Cia e as novas também...
O assunto aqui hoje é um tanto quanto especial pra mim e gostaria muito de dividir com todo mundo. Quando me formei meu TCC foi de um tema muito legal para o mundo do esporte. Falamos do Perfil Antropométrico e Nutricional de Praticantes de Montain Bike. Na época nosso trabalho foi parar na biblioteca o que já é muito legal, pois fica de TCCs avaliados para consulta e servem para outros novos que virão. Mais agora ele foi puplicado em uma revista americana com versão brasileira, a Brazilian Journal of Biomotricity do mês de setembro. Nome da nossa publicação é o mesmo título do trabalho: Perfil Antropométrico e Nutricional de Praticantes de Montain Bike. Entre em http://www.brjb.com.br/ .
Nossa publicação leva o nome da nossa tutora a Luciana Rossi, a minha parceira no tcc a Viviane Karine e o meu, Patricia da Silva Gomes.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Mais Peças

Olá minhas caras seguidoras, estou meio ausente pois estou fazendo um bicos de final de ano e fico na correria com casa, filho e trampis. Mas assim que essa loucura de final de ano acabar quero entra em todos meus blogs que sempre escrevi e sigo com maior carinho, e saber de tudo.
Por enquanto quero dizer que chegou mais roupas lindas no Muito Criança: camisetas para os meninos, vestidos e regatinhas para as meninas.
Tem promoção de final de ano lá no blog, corre lá e não perca tempo de presentear quem você gosta com uma roupa linda, de super qualidade, ( a minha pequena tem todas que são de menina), e com um preço ÓTIMO. Espero que todas gostem.....
Um super beijo e até breve!
http://www.mecmuitocrianca.blogspot.com/

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Frutas no verão

O calor chegou e as frutas são uma ótima pedida, já que hidratam, são ricas em vitaminas e fibras e pobres em calorias. Veja algumas opções muito saudáveis e saborosas para seus lanches:
Melancia: Fruta muito refrescante, doce e nutritiva. É rica em caroteno (que é convertida em nosso corpo em vitamina A), licopeno (protege nosso organismo contra o câncer), glutationa (substância com propriedades anti-envelhecimento), vitamina C e vitaminas do complexo B. Além disso, contém apenas 30 calorias em 100 gramas.
Melão: A fruta (da mesma família da melancia), também é bastante refrescante, uma vez que contem cerca de 90% em água. Também é fonte de diversas vitaminas e dos minerais cálcio e fósforo. O melão também é um alimento ideal para a manutenção da forma pois também contém apenas 30 calorias em 100 gramas, além de propriedades laxantes e calmantes.
Caju: constituído por duas partes: a castanha e a parte carnosa, ou pseudo-fruto que é muito consumido no Brasil na forma de sucos. Seu valor em vitamina C é maior que o da laranja, sendo rico também em ferro e niacina. 1 unidade de 60 gramas fornece cerca de 27 calorias, porém o suco geralmente fornece mais calorias por ser adoçado e menos fibras por ser coado. Por isto sempre prefira a fruta in natura ao suco.
Acerola: Rica em vitaminas B1 B2 e C e nos minerais cálcio, fósforo e ferro, a fruta pode ser consumida in natura ou como suco. A fruta pode ser um pouco azedinha não agradando a todos os paladares, mas como vantagem está seu baixo valor calórico: 10 unidades (30 gramas) fornecem apenas 10 calorias!
Manga: o fruto da mangueira contém mais calorias do que as citadas acima, uma vez que é mais rica em açúcares. Porém também é rica em vitaminas, minerais e fibras. Meia manga fornece cerca de 100 calorias com mais qualidade nutricional que um sorvete ou as guloseimas típicas vendidas nas praias e nos clubes.
Para saber mais sobre o valor nutricional de frutas típicas brasileiras, acesse a Tabela Brasileira de Composição de alimentos. http://www.scielo.org.ve/

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Alimentos funcionais

Os alimentos funcionais são aqueles que contêm substâncias ativas capazes de fortalecer o organismo, prevenindo e combatendo doenças. Os alimentos funcionais incluem uma ampla variedade de alimentos, contendo diferentes componentes que afetam diversas funções corporais. Mais do que nutrir, fornecem ao organismo substâncias que auxiliam na prevenção e até tratamento de doenças.
Os alimentos funcionais têm potentes antioxidantes naturais, isso significa que tem capacidade para combater os temidos radicais livres, que em excesso comprometem o bom funcionamento do organismo e aceleram o seu envelhecimento.
Apesar de todos os alimentos têm propriedades nutricionais,alguns possuem elementos com funções benéficas particulares, e são classificados como funcionais. Uma maneira simples de reconhecer os grupos de alimentos funcionais, basta olhar as cores da comida. Alimentos com tons laranja, como cenoura e abóbora, são ricos em betacaroteno, que retarda o envelhecimento.
Já os vermelhos, como melancia e tomate, possuem licopeno, que melhora o sistema imunológico. Os que tendem para o violeta, como uva e amora, têm propriedades antioxidantes.
Porém essa fórmula não se aplica a todos os alimentos. Por exemplo alguns chás, especiarias e peixes, que têm substâncias funcionais e não revelam isso em suas cores. Os alimentos funcionais devem fazer parte da dieta e devem ser ingeridos diariamente. Incluir os alimentos funcionais no cardápido é uma maneira de ajudar a reduzir o risco do desenvolvimento de diversos problemas de saúde, como o câncer, colesterol, pressão alta, problemas intestinais, entre outros.
Confira abaixo alguns alimentos funcionais e seus respectivos benefícios à saúde:

AVEIA: Rica em beta-d-glucanas. Ajuda a diminuir o colesterol sérico total e também os níveis de colesterol ruim, o LDL. estudos mostram efeito protetor no desenvolvimento de câncer de cólon.

ALHO: Rico em compostos sulfurados. Reduz a pressão arterial e protege o coração ao diminuir a taxa de colesterol ruim e aumentar os níveis do colesterol bom, o HDL Pesquisas indicam que pode ajudar na prevenção de tumores.

AZEITE DE OLIVA: Composto por gordura monoinsaturada (ômega 9), auxilia na redução do colesterol total e LDL

CASTANHA DO PARÁ: Rica em gordura monoinsaturada(encontrada também no azeite) e gordura poliinsaturada(encontrada no peixe). Ajuda a baixar os níveis do colesterol ruim e a aumentar os do colesterol bom. Devido as altas concentrações de selênio, estudos mostram que retardam o envelhecimento

CENOURA: Fonte de betacaroteno, tem como propriedade fortalecer o sistema imunológico.
TOMATE: O licopeno, pigmento que dá cor ao tomate, é considerado uma arma poderosa na prevenção do câncer de próstata.
PEIXES: Os peixes ricos em ômega 3, como a sardinha, o bacalhau e o salmão, previnem infartos e derrames, ao baixar os níveis de triglicérides e de LDL.

CHÁ VERDE: Rico em catequina, Auxilia na prevenção de tumores malignos. Estudos indicam ainda que pode diminuir as doenças do coração, prevenir pedras nos rins e auxiliar no tratamento da obesidade.

SOJA: Ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares. Há indicações de que também ajuda a amenizar os incômodos da menopausa, a prevenir o câncer de mama e cólon

UVA E VINHO TINTO: Ricos em flavonóides , antioxidantes que diminuem o risco de câncer e doenças cardiovasculares.

Nota : Vale lembrar que os alimentos funcionais não são milagrosos,eles não curam doenças, ao contrário dos remédios. Por possuírem certos componentes ativos, eles são capazes de prevenir ou reduzir o risco de determinadas doenças.Sua ação vem sendo investigada sobre as doenças cardiovasculares, inflamatórias e intestinais, câncer, hipertensão, diabetes, certas afecções reumáticas e Mal de Alzheimer, entre outras.

Eles devem apenas fazer parte de uma alimentação equilibrada, pois não adianta o indivíduo consumir alimentos com propriedades funcionais e incluir no cardápido outros alimentos de péssima qualidade.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Muito Criança

Olá Pessoal.
Hoje a notícia aqui é outra.
Eu e minha mãe resolvemos juntas abrir uma loja virtual de roupas de crianças.
Ela fica com o desenvolvimento das peças e eu fico com a parte de divulgação e vendas.
Pra ajudar no começo, pois essa coisa de internet ela não pegou. Mas é uma super costureira e faz roupas lindas.
Resolvemos então divulgar suas roupas com um blog lindo que montei e demos nome para a marca.Se gostaram da informação de uma olhada em http://www.mecmuitocrianca.blogspot.com/
 As peças dos bebês foram separada por numeração o número 1 corresponde de 3 a 6 ms e o número 2 de 6 a nove meses. Já as peças para os maiorzinhos ficou na numeração padrão que é 2, 4 e 6, numeração essa que quase todas as marcas trabalham. Vale super conferir as peças são de super qualidade e acompanha a moda das crianças. Beijos e aguardo a visita de todas minhas caras seguidoras de 7 meses de blog.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Tempo X Alimentação

Todos sabem que uma alimentação saudável e correta tem tudo a ver com nossa qualidade de vida. No entanto, outros fatores dessa delicada equação consomem boa parte do nosso tempo - inclusive aquele que deveria ser reservado a uma refeião equilibrada: o mercado de trabalho, os compromissos com a família, os estudos, o trânsito pesado....É uma luta diária contra o relógio.
Na verdade, a relação que temos com o tempo é que vai realmente influenciar de forma negativa ou positiva o nosso dia a dia. E no quesito alimentação, o assunto ganha importância ainda maior. Afinal, quem nunca sentiu saudades de uma alimentação caseira, preparada com calma e com ingredientes balanceados? Esse sentimento fica ainda mais latente quando comparamos essa refeição com um lanche ou mesmo à comida do restaurante por quilo, muitas vezes nossas únicas saídas durante um dia de trabalho.
Pois bem, se você é um desses, pelo menos você está entre aquelas pessoas que sentem a diferença, porque muita gente nem se lembra mais disso tamanha a necessidade do cumprimento de horários, tarefas e compromissos. O especialista em produtividade, Christian Barbosa, autor de diversos livros sobre nossa relação com o tempo, assegura que há, sim, alternativas para esse problema e que, com planejamento, todos podem se relacionar melhor com seu tempo. Ao conseguir esse equilíbrio, também é possível preservar aspectos fundamentais na própria alimentação. "Em geral as pessoas não planejam seu dia. Não têm uma agenda pré-definida, que separe e lhes garanta o tempo necessário a uma boa alimentação, ou a um bom livro, a um tempo para respirar em meio tantas tarefas. E ao deixarem de lado esse planejamento, esquecem que a alimentação faz parte daquilo que chamamos `cuidar da gente`", explica Barbosa, que é cientista da computação e é considerado um dos principais especialistas em administração de tempo do país.
Mas a questão do tempo na alimentação, na verdade, também varia de indivíduo para indivíduo. Alguns conseguem se adaptar melhor as refeições de fast foods ou de restaurantes rápidos e lanchonetes, em geral mais gordurosos e menos saudáveis. Além disso, há indivíduos que conseguem almoçar ou jantar em 5 a 10 minutos. Outros, por uma questão biológica, não  possuem essa adaptação. As consequências desses comportamentos, no entanto, culminam na perda de qualidade de vida. "Costumo dizer que nenhum dono de carro, seja ele uma Ferrari ou uma Brasília velha, vai abastecer deliberadamente seu carro em um posto que seja famoso por fornecer gasolina adulterada. Por que então fazer isso com nosso próprio corpo?", questiona Barbosa.
O autor vai além. Ele explica que muito da "falta de tempo" para priorizar nossa própria qualidade de vida pode, em última análise, impactar também em nossa produtividade, seja ela no trabalho ou em afazeres diversos do cotidiano. Isso acontece porque, ao assumirmos deixar de lado nossa qualidade de alimentação, abrimos a possibilidade, por exemplo, de sermos acometidos por doenças oportunistas como dores de cabeça, gripes e crises estomacais, entre outras.
Como não deixamos de ir para o trabalho por uma simples dor de cabeça ou de estômago, acabamos, sem perceber, trabalhando à meio força. A isso o dicionário de saúde dá o nome de Presenteísmo, ou seja, a pessoa está no trabalho, na academia ou mesmo em casa, mas na verdade está produzindo menos do que poderia ou, então, se distraindo com atividades inúteis.
"Estimativas dão conta de que 3% do PIB de um país possa ser desperdiçado por esse fenômeno, o que não aconteceria se priorizássemos os cuidados com nosso próprio organismo", explica Barbosa.
Então, mãos a obra. Uma boa agenda já é um começo. Depois um planejamento para identificar o que é realmente mais importante no seu dia. E então, muita calma, porque o mundo não vai acabar em um restaurante ou em uma lanchonete em 10 minutos. Ao contrário, use esse tempo a seu favor.
Um texto de Roger Hayas da Revista Nutrir, exclusiva do CRN.
Para saber mais, conheça algumas obras de Christian Barbosa
  • A Tríade do Tempo. Editora Campus. Categoria: Liderança e Gestão de Equipes
  • Você, dona do Seu Tempo. Editora Gente. Categoria: Auto Ajuda/Mentalismo
  • Estou em Reunião. Editora Agir. Categoria: Administração Geral
  • Mais Tempo, Mais Dinheiro. Editora Thomas Nelson Brasil. Categoria: Administração.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Aleitamento materno

Depois de nove meses de espera, o melhor presente que uma mãe pode dar ao filho recém-nascido é amamentá-lo imediatamente após o parto. Além de fortalecer o vínculo, a primeira mamada protege o bebê de vírus e bactérias, já que o colostro - primeiro leite produzido pela mulher - é rico em anticorpos e ainda atua como laxante, acelerando a eliminação das fazes. Do outro lado, as mães que amamentam podem prevenir sangramento, pois o útero se contraí com o estímulo da amamentação.
Para que as mães conheçam esses e outros vários benefícios do aleitamento materno, o Conselho Regional de Nutriciolnistas de São Paulo, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo e sete instituições de ensino superior, desenvolveu uma cartilha de 12 páginas ricamente ilustrada para facilitar o entendimento sobre o assunto. Com linguagem simples e direta, o livreto traz temas como alimentação para a mãe, cuidados de higiene e até um passo a passo para coleta e armazenamento do leite materno.
A amamentação é algo único e exclusivo de uma mulher. Algo que só pode ser tirado caso a mãe não queira ou não consiga amamentar seu filho. As dores no peito acontecem logo no começo da amamentação, mas tendem a passar conforme persistencia da mãe.
Após o 6º mês algumas mães têm que voltar ao trabalho, mas tem explicação na cartilha de como armazenar o leite para ser oferecido à criança. E depois se possível continuar amamentando a criança quando estiver com ela por perto.
Lembre-se é um ato de amor e a aproximação mais terna que uma pessoa pode ter para uma vida toda.
Sites onde poderá encontrar a cartilha:
http://www.amigasdopeito.org.br/; http://www.aleitamento.com/; http://www.3.sp.senac.br/.
O blog http://www.cacausp.e-familyblog.com/ também tem dicas ótimas sobre o aleitamento.
Quero indicar com muito carinho esse post a mais uma nova mamãe, a minha amiga Ana Maria que está com um lindo menino nos braços e amamentando a todo vapor. Parabéns minha linda e que todas as mães, como nós, façam o mesmo. Amamente seus queridos filhos que Deus nos deu a honra de tê-los.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Beijos Baby Bum

Gostaria de agradecer a Fernanda do Mamma Mini que me chamou para trabalhar com ela nesta feira que achei muito legal.
Apesar de ter me formado em nutrição, consigo administrar super bem o trabalho com vendas. Como já citei outra vez, fui vendedora muitos anos antes de fazer nutrição. E sempre que posso ou aparece oportunidade de trabalho com essa área, não perco tempo!
Como trabalho free com a nutrição, sem trabalho fixo que tenho que ir todo dia; sobra tempo pra encaixar outras coisas que também gosto de fazer. Adoro não ter rotina e estar cada dia em um lugar diferente e conhecendo pessoas novas.
Que por sinal foi isso que aconteceu por lá. Conhecemos algumas blogueiras como a Gabi do mami e mimos, a Paula do b-de-bel,a Dani do criança bem vestida, a Flávia do mamãe sabe tudo e a Dri do Bolsinha da Dri foi lá também.
A Fê teve muitas oportunidades de contato o que foi muito bom para divulgar sua marca.
Foi muito bacana pra mim também, lembrei os velhos tempos que passavámos juntas nas lojas que trabalhamos. E conheci muita gente legal por la!
Um grande beijo para todas as pessoas que nos visitaram e para todas as blogueiras que tivemos a oportunidade de conhecer pessoalmente.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Fibras Alimentares

As profundas modificações nos hábitos alimentares ocorridas desde os primatas vegetarianos ao homem moderno, trouxeram reflexos importantes na fisiologia do corpo humano e, em particular, no aparelho digestivo.
O desenvolvimento dos produtos industrializados com baixo teor de fibras, proteínas e vitaminas, o uso abusivo de medicamentos e a vida mais sedentária, trouxeram como conseqüência a alteração funcional do tubo digestivo e grande incidência da constipação intestinal (prisão de ventre).
Alimentos ricos em fibras podem, também, ser úteis no controle de peso, prevenindo e tratando a obesidade. As dietas com alto teor de fibras possuem baixa densidade calórica, induzem à menor ingestão de alimentos por exigirem maior tempo de mastigação e contribuem, graças ao seu volume, à sensação de saciedade mais rapidamente.
As fibras são partes de grãos, vegetais e frutas que não são digeridas pelo nosso corpo. As fibras passam quase intactas pelo sistema digestivo e são eliminadas pelas fezes, com os movimentos intestinais. Portanto, as fibras são necessárias para auxiliar todas as outras substâncias alimentares a moverem-se através do sistema digestivo de maneira adequada. Sem fibra suficiente, o processo digestivo pode ficar lento e a obstipação (intestino preso) pode ocorrer.
Principais Fontes de Fibras

Fibras Soluveis: Leguminosas: feijão, lentilha, soja, ervilha, grão de bico; Sementes; Cereais e seus farelos: aveia, cevada, arroz ; Frutas: polpa de maçã e pêra, laranja, banana ; Legumes.

Fibras Insoluveis: Farelos de cereais: trigo, milho; Grãos integrais: pão, bolacha e torrada integrais e cereais; Nozes, amêndoas, amendoim; Frutas: principalmente quando ingeridas com a casca; Verduras folhosas.


Fonte: www.abcd.org.br

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Chegaram

Pessoal lembra da coleção de livros que a Fundação Itaú Social está distribuindo? Tem até um post logo ai abaixo no meu blog falando da ação social "Ler faz crescer".
Hoje chegou a minha. Fui lá na caixinha do correio e lá estava, um envelope aos meus cuidados. Quando abri, me deparei com esses livrinhos lindinhos: O Jogo da Parlenca de Heloisa Prieto; Bem-te-vi e outras poesias de Lalau e Laurabeatriz; Lobisomem, Girassol e Os três porquinhos, Girassol. Todos da Coleção Itaú de Livros Infantis. E para não esquecer o fundamento do projeto, a pessoa pode ler e reler quantas vezes quiser e depois entregue os livros para outra pessoa fazer o mesmo. Eu adorei já ter recebido os meus, e acho que quem se inscreveu perto da data que foi divulgada a ação social, também já deve estar pra receber. Muito legal, adorei!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Luto/Blogagem Coletiva

Hoje foi um dia de luto na blogosfera, em todos os blogs queridos que sigo todas falaram de Aline, mãe do pequeno Theodoro. Foi citado a coragem e esperança que essa querida mãe carregava no coração e principalmente de dizer muito corajosa e forte, que não poderia ser egoísta e deixar ele aqui sofrendo pra ficar perto dela. Minha linda que Deus coloque a mão no seu coração e afague sua alma. E que Theo esteja já ao lado de Deus como um lindo anjinho inocente e querido.
Gostaria de citar carinhosamente todos os blogs que mencionaram esse fato: Mundo do Pedro, Mari Hessel; Para você com amor, Fabiana; Dona Chuvisca, Ju;
Tutto Petit, Kah; Virei mãe, e agora?, Vanessa;
Braços de Polvo e Coração de Manteiga, Beta; Mãe da Lulu, Fê Piovezani; Só as mães são felizes,Lua; Aprendendo a ser mãe, Fabi da Juju; Viajando na maternidade, Carol Garcia; Tagarelices e Pensamentos, Micheli; mamãe do Matheus, Danny; Maricandi, Mariana; Pinguinho da mamãe.

Ética é respeito!
Também gostaria de citar o quanto estou chateada e chocada com pessoas que não são capazes de criar ou mesmo somente falar de si próprio. E que usam textos, fotos e histórias de outrem para  produzirem falsamente uma vida no mundo de Alice. A nossa querida Camila, do Mamãe tá ocupada! Foi plagiada e estamos todos indignados com o acontecido.
Eu já sabia que tem gente que aumenta, inventa e mente na rede. Mas não ter o mínimo de uma vida pra começar a contar, pega vida dos outros e sai contando como se fosse sua, isso já é demais.
A Carol do Viajando na maternidade deu a idéia de fazer uma blogagem coletiva, para todas nós levantarmos um protesto contra pessoas que não têm uma vida, uma história e saem contando coisas alheias fingindo ser delas. FORA PLAGIO! FORA GENTE SEM NOÇÃO! FORA GENTE SEM VIDA PRÓPRIA!

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Superbactérias: uso indiscriminado de antibióticos favorece resistência
O infectologista Orlando Jorge Gomes da Conceição, do Hospital São Luiz (SP), sobre essas bactérias – e como combatê-las.
Quando seu filho está doente, você liga para pediatra, dá o mesmo remédio que ele usou da última vez que teve aquele sintoma ou corre direto para a farmácia? A maneira como você trata as doenças na sua casa, seja do seu filho ou de outra pessoa da família, pode contribuir ou não com o aparecimento das tão faladas superbactérias. Isso porque elas surgem, principalmente, por causa do uso indiscriminado de remédios, nesse caso, de antibióticos. Aos poucos, as bactérias vão ganhando força contra ele que, dentro de alguns anos, perde a função.
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 50% das prescrições de antibióticos no mundo são inadequadas. E o problema ganha destaque quando aparecem os surtos, justamente o que está acontecendo no Brasil. A chamada Klebsiella pneumoniae carbapenemase (KPC) causou mortes no Distrito Federal e atingiu São Paulo também.
A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) deve anunciar, até o final do ano, uma política para a venda de antibióticos. Hoje é preciso apenas apresentar a receita na farmácia. Com as novas normas, serão necessárias duas delas: uma fica retida no estabelecimento e a outra é devolvida ao paciente, com um carimbo que comprova o atendimento.
A transmissão da KPC ocorre dentro de hospitais e os mais prejudicados são as pessoas que têm o sistema de defesa do organismo debilitada, como os bebês prematuros em UTIs Neonatal. 
Lei mais em http://www.oglobo.globo.com.br/

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Livros/Selos/Sorteio


O banco Itaú está com um projeto chamado "Ler faz crescer". Neste projeto serão distribuidos 8 milhões de livros infantis. O projeto tem como objetivo que crianças tenham interesse por livro e que os mesmos sejam distribuidos e passados pra frente após leitura. Para receber o Kit entre em http://www.lerfazcrescer.com.br/
Essa ...informação foi vista no Blog da Fabi http://www.para-voce-com-amor.blogspot.com/

Esse selinho lindo tava rolando nos blogs semana passada.
Está lá no blog da nossa querida Chris do http://www.inventandocomamamae.blogspot.com/
Estou meio atrasada com meus post, desculpas minhas queridas, estou na correria. Graças ao meu blog e vocês todas, estou atendendo  seguidoras do blog e pessoas que apenas entraram pra dar uma olhadinha.
Então to com casa, filha, blog e trabalho.  E estou adorando tudo isso.

Esse lindo ai recebi da http://www.pinguinhodamamae.blogspot.com/
e eu adorei, tanto pelo selinho que é simplesmente lidinho, quanto lógico pelo carinho e lembrança da pinguinho, que me segue a pouquissimo tempo e vem aqui toda hora me visitar.
Algumas mamães já não vêm mais, mas como sou uma blogueira e não abandono minhas queridas que estão comigo desde o começo, eu ainda vou lá.
Um beijo pra quem está sempre aqui, pra quem não tem tido tempo de vir aqui e até pra aquelas que se foram. Snifffffffff!
Beijos pra todas.



Gente tá rolando sorteiro no http://www.maemochileirafilhomalinha.blogspot.com/
A Ana querida está em parceria com a Bebêchila e então juntas resolveram fazer um sorteio dessa bolsa térmica. Lá no blog dela fala mais sobre a marca, entrem lá e se increvam.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Livrinho de receita para as crianças

A Nutrição e Cia está fazendo parceria de marketing com a Qualyfood. Essa empresa tem como objetivo oferecer as escolas primária um trabalho de educação alimentar para crianças. Todo o material oferecido é elaborado pela nutricionista Vivian Zollar e Gisele Bizon que é pedagoga. Da união das duas profissões, nasceu um livro de receitas fáceis; com todo o fundamento em pedagogia e com um conteúdo voltado à nutrição, sendo assim um livro divertido e gostoso de entender. As receitas nele descritas são de fácil manuseio, ou seja, qualquer criança acima de 5 anos consegue desenvolver.
Para saber mais sobre o livro entre em http://www.qualyfood.com.br/

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Pesos e Medidas

A nutrição e cia começa agora uma série de informações voltadas a técnicas na cozinha. Começaremos hoje com pesos e medidas. Todos nós sabemos o quanto é ruim quando nos deparamos com aquela receita que ou só vem em gramas ou medidas que não conseguimos decifrar. Para que uma preparação culinária seja realizada com sucesso, vários fatores são importantes, tais como o tipo de utensílio, temperatura e tempo de preparo, além da qualidade e quantidade dos ingredientes. A reprodução dessas condições garantirá a obtenção de resultados semelhantes a cada repetição da recita ou protocolo, mesmo quando elaborados diversas vezes e por pessoas diferentes.
Segundo Sônia Tucunduva, a redaçao de uma receita deve obter informações claras e precisas, a fim de possibilitar sua reprodutibilidade.
A adoção de abreviaturas facilita a leitura e o preparo de receitas. Segue abaixo uma tabela que demonstra corretamente como ficam as abreviações das medidas e quanto um determinado alimento deve ser utilizado em determinada medição.


C = colher de sopa
½ xíc. Chá = 118mL
c= colher de chá
1/3 xíc. Chá = 79 mL
Xíc. = xícara de chá
¼ xíc. Chá = 59 L
dt=dente
1/8 xíc. Chá = 30mL
peq=pequeno
1 colher de sopa = 15 mL
md=médio
1 colher de chá = 5 mL
gde=grande
1 copo tipo requeijão = 250 mL
r=rasada
1 copo tipo americano = 140 mL
ch=cheio(a)
1 copo descartável de café = 40mL
cc=colher de café
1 copo descartável de suco = 250 mL
qs=quantidade suficiente
1 copo descartável de água = 170 mL
1 xíc. Chá=237 Ml = 16 C
1 xic. Chá tipo Colorex = 150 mL
¾ xíc. Chá = 177mL
½ frações
2/3 xíc.= 158mL




Exemplo de receita
Bolo nutritivo de abobrinha italiana
Ingredientes:
3 xíc. de abobrinha italiana ralada
3 ovos
2 xíc. de açúcar mascavo
1 xíc. de óleo
3 xíc. de farinha de trigo
1 C de canela em pó
1 Cs de baunilha
1 Cs de bicarbonato de sódio
1/2 xíc. de uva passa preta sem sementes
1 C de fermento em pó quimico
Modo de preparo:
  • bater no liquitificador a abobrinha, os ovos, o açúcar mascavo e o óleo.
  • pssar a massa para uma tigela. Acrescente a farinha de trigo e mexer até a massa ficar lisa.
  • acrescentar o fermento e mexer delicadamente.
  • Levar a a ssar a 180°C.
Utensílios e equipamentos: liquitificador, tigela média e assadeira.
Tempo de pré-preparo: 10`
Preparo:30`
Rendimento: 10 fatias de 50g cada
Valor nutritivo: 1 fatia grande de 100 g = 344kcal
Proteínas:5,43g
Carboidratos: 39,70g
Lipídios:18,50g

As informações deste texto foram tiradas do livro Nutrição e Técnica Dietética
Autora: Sônia Tucunduva Philippi
Editora: Manole

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Ajundando o planeta

Hoje em especial quero falar da importância da água em nossas vidas.
Desde que me conheço por gente, minha avó já guardava agua dos enxagues da máquina de lavar;em baldes. Depois que casei fui morar em casa e nunca perdi o costume. Todos me achavam meio estranha, porém agora tá na moda ajudar o planeta e cada um faz do seu jeito. Bom claro que se a pessoa mora em apartamento isso fica inviável. Mas se mora em casa dá pra guardar a água do enxague. Ela sai limpinha e dá pra lavar panos, dá pra lavar o quintal onde fica os cachorrinhos, caso os tenha e aproveita-las do jeito que achar melhor. Coloquei na mesma foto os três lixos que tenho aqui em casa pra reciclagem. Um eu jogo orgânicos e lixinhos da casa, o outro ficou só para as latinhas e o maior eu coloco caixinhas tetra pak. Já faço isso a um tempo. O duro é fazer as pessoas aqui em casa seguirem as regras. Nossa como as pessoas têm dificuldades de mudança, mesmo que seja pra melhor. Só porque o resultado não bate a porta, acham que não têm que fazer. Eu ajudo o planeta do jeito que posso.
Também não pego mais sacolinha no supermercado. Quando a compra é pequena levo a sacola reciclável e se o mercado é muito grande, pego caixas de papelão.Um dia vi uma reportagem de uma moça albina que mora no sul do Pará, e a coitada pra ter água em casa caminhava 2 km com lata na cabeça, bizarro! Não consigo desperdiçar tanta água assim, sabendo que tem gente que pena pra ter água pra beber e fazer comida.
 No blog da Renata RZ www.dicasgreen.blogspot.com tem muitas dicas de reciclagem e informações ambientais. Vale super ir lá e dar uma conferida.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

A Importância do Brincar

O princípio VII da Declaração Universal dos Direitos da Criança, aprovada por unanimidade pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 1959, já estabelece: toda criança tem direito ao lazer infantil. Brincar é essencial para o desenvolvimento do seu filho - e o valor da brincadeira não pode ser subestimado.
Brincar tem um viés que vai muito além da simples fantasia. Enquanto um adulto vê apenas uma criança empilhando bloquinhos, para o pequeno aquilo significa experimentar as possibilidades de construir e conhecer novas cores, formatos e texturas. "Para a criança, brincar é um processo permanente de descoberta. é um investimento", explica Tião Rocha, antropólogo, educador popular e folclorista, fundador do Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento, em Minas Gerais. "A criança que brinca vai ser mais esperta, mais interessada e terá mais facilidade de aprender - tudo e forma natural", diz Ruth Elisabeth de Martin, pedagoga e educadora do Labrimp (Laboratório de Brinquedos e Materiais Pedagógicos da Universidade de São Paulo).
A literatura e as pesquisas demonstram que brincar tem três grandes objetivos para as crianças: o prazer, a expressão dos sentimentos e a aprendizagem. "Brincando, a criança passa o tempo, mostra aos pais e professores sua personalidade e descobre informações", resume Áderson Costa, professor do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília. Crianças menores, mesmo na companhia de outras, costumam brincar sozinhas. Para elas, o ideal são brincadeiras que estimulem os sentidos. Através deles, elas exploram e descobrem cores, texturas, sons, cheiros e gostos.
Por volta dos 3 anos elas desenvolvem outro tipo de brincadeira: o faz de conta. Imitar situações cotidianas - como brincar de casinha ou fingir que é motorista de ônibus - permite que as crianças se relacionem com problemas e soluções que passam do fazer imaginário para o aprender real.
A partir dos 5 anos, os pequenos estão aptos para incluir o outro nas brincadeiras. "É a fase em que elas deixam de brincar ao lado de outras crianças e passam a brincar com outras crianças", explica Maria Angela Barbato Carneiro, coordenadora do Núcleo de Cultura de Pesquisas do Brincar da Pontifícia Universidade de São Paulo.
Vale lembrar que o desenvolvimento infantil é individual. Algumas crianças começam a brincar com outras mais cedo, outras mais tarde, vai de criança pra criança.
Estabelecer um horário diário para brincar com seu filho é o primeiro passo para garantir que ele faça esta atividade com frequência. Muitos pais lotam a agenda dos filhos com afazeres extra curriculares, o que extingue o momento da brincadeira.
Participar da brincadeira dos filhos também dá uma vantagem aos pais: conhecê-los melhor. Como a criança se expressa brincando, os pais observadores descobriram as vulnerabilidades e os pontos fortes de seus filhos. "Brincar juntos aumenta o grau de confiança e o vínculo entre pais e filhos", diz.
Dar brinquedos de diferentes materiais e tipos também e recomendável. Por isso, nada de entupir a menina só com bonecas e chegar com um carrinho debaixo do braço a todos os aniversários do menino. As crianças precisam experimentar de tudo. " Cada brinquedo traz uma mensagem e vai despertar o interesse e a curiosidade de alguma forma", ressalta Ruth Elisabeth.
O importante é o brincar, e não o brinquedo. É possível improvisar brinquedos com uma fruta, uma caixa de papelão vazia ou o que quer que esteja à mão. E não se preocupe se não puder dar ao seu filho aquele carrinho movido a pilhas de última geração. "Só na visão do adulto um brinquedo eletrônico é divertido. Para a criança, brinquedo que brinca sozinho é enfadonho, ou seja que cansa, aborrece ou até mesmo incomoda", completa Tião.
Foi reunido algumas recomendações de especialistas sobre as brincadeiras mais adequadas para cada faixa etária. O desenvolvimento infantil é individual, mas as crianças passam, dada uma a seu tempo, pelas fases abaixo. Todas as atividades devem ser desenvolvidas sob supervisão de um adulto e nos ambientes adequados.
Até os 2 anos: nesta fase, a brincadeira tem que estimular os sentidos. Correr, puxar carrinhos, escalar objetos, são as atividades recomendadas;
3 a 4 anos: começar as brincadeiras de faz de conta. As crianças respondem a brincadeiras de casinha, de trânsito, de escolinha e outras atividades cotidianas;
5 a 6 anos: os jogos motores (de movimento) e os de representação (faz de conta) continuam e se aprimoram. Surgem os jogos coletivos, de campo ou de mesa: jogos de tabuleiro, futebol, brincadeiras de roda;
7 anos: a criança está apta a participar e se divertir com todos os tipos de jogos aprendidos, mas com graus de dificuldade maiores.

LABRIMP - Laboratório de Brinquedos e Materiais Pedagógicos da Faculdade de Educação da USP.
Um texto de Profa. Dra. Tizuko Morchida Kishimoto - Coordenadora.
http://www.labrimp.fe.usp/

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Criança na cozinha

Em alguns trabalhos que fiz tanto em estágios quanto em trabalhos temporários com crianças em escolinhas, pude notar o comportamento da criança em relação a comida, quando eram elas que faziam.
Para realização dos trabalhos tinhamos sempre a mão uma receita fácil, os utensílios que seriam utilizados para manipulação dos ingredientes e espaço para realização das atividades.
Eram divididos os ingredientes por crianças e eles iam colocando cada coisa no lugar a ser manipulado e iámos explicando com ilustrações, músicas e contando estorinhas que dispertavam o interesse de consumir o alimento. Tudo com o objetivo de fazer a criança se interessar por alimentos saudáveis e nutritivos. Aqui em casa já levei a minha filha diversas vezes na cozinha. Neste dia ai na foto fizemos um hamburguer super simples e fácil de fazer. O que é muito importante receitas fáceis de serem feitas para que a criança não perca o interesse.
Nessa receita usamos apenas: carne moída, salsinha, tempero pronto caseiro, cebola bem picadinha. Ela foi amassando com as mãos e utilizamos uma tacinha para fazer um corte pequeno. Esse tipo de hamburguer se vc quiser no tamanho grande, tem que colocar uma gema de ovo e farinha de mandioca pra da firmesa e liga na preparação, acrescente também uma colher de óleo para não começar a grudar tudo nas mãos.
Então fritamos o hamburguer em uma panela de teflon sem adição de óleo.
Também gosto de orientar os adultos em relação a aceitação da comida pela criança. Não devemos esquecer que todo alimento deve ser oferecido de 10 a 14 vezes antes de desistir de oferece-lo a criança. Os pequenos não sabem como é que funciona esse negócio de comer certinho, com horários e alimentação saudável. Eles precisam da nossa ajuda e principalmente da nossa paciência. Não abra mão disso, dá um pouco de trabalho mas é muito importante na formação tanto fisica quanto intelecto da criança. Pois uma boa alimentação logo nos seus primeiros anos de vida será muito importante quando começar a crescer e se desenvolver.

Agora quero falar desse selinho lindo que ganhei da Eliane do Provance Home & Banho, eu adoro as coisas que tem na loja dela, é tudo de muito bom gosto. Fora que ela é tia da Chris do Inventando com a mamãe que todo mundo conhece. Ele tem regrinhas a gente tem que falar 10 coisas sobre a gente e indicar mais 10 blogs.
Bom vou tentar falar mais 10 cositas:
  • como sou nutricionista, normalmente tudo que dito aqui já passei pela experiência;
  • por exemplo agora estou fazendo a dieta do glúten;
  • comecei a comer chocolate somente de soja, sem adição de açúcar;
  • como já disse mas vou repetir pra quem não leu: como 5 frutas por dia;
  • tento controlar o que dou pra minha filha e aproveito e entro no ritmo;
  • não tenho açúcar em casa, quando preciso pra alguma receita tenho que sair correndo e comprar;
  • também não tem café, apenas nescafé descafeinado, que coisa né?! Mas é pq não posso tomar café pois além de ficar mais agitada do que já sou, tenho um pouco de tremedeira;
  • usei durate muito tempo tudo que era com adição de adoçante, pois quando morava com minha avó, só tinhamos isso em casa, pois ela era diabética;
  • também demorei anos pra fazer uma comida bem temperada, minha avó não utilizava sal em quase nada e aprendi a comer comida sem muito sal;
  • não achem que sou perfeita em relação a alimentação não, no final de semana abuso um pouco confesso. Mas sempre dou preferência para uma dieta saudável e regada de cores.
Novamente já andei dando uma sapiada por ai e muitas blogueiras queridas já receberam esse selinho também, parece que ele andou rodando na semana passada, mas só pude postá-lo hoje. Um super beijo a todas!

domingo, 26 de setembro de 2010

Desintoxicação Alimentar

A desintoxicação alimentar serve para que a pessoa se sinta melhor e com um bem estar favorável.
O intuito para que a pessoa faça esse tipo de deita é mesmo para uma limpeza interna para livrar o organismo de resíduos de produtos industrializados, corante, excesso de sal.
A dieta do glúten por exemplo é uma dieta de desintoxicação, se vc retirar o glúten da sua dieta por apenas 10 dias a cada 3 meses, melhora o intestino e aumenta o estado imunológico da pessoa.
Quando o intestino está interditado acaba impedinho a formação de celetonina; hormônio responsável pelo bem estar e bom humor; se não há formação desse hormônio a pessoa pode ficar com irritabilidade e agitação tornando-se cada vez mais frequentes os sintomas. Conforme estudos a dieta com glúten em um longo período da vida, atrofia musculatura vagarosamente.
Quando uma criança é celíaca ou tem alergia ao Glúten, ela apresenta baixo peso para idade. Normalmente a criança celíaca está associada com a magresa e mudar o cardápio pode mudar significativamente o peso da criança. (consultar o pediatra caso haja uma magresa persistente na criança).
A dieta do glúten então serve para toda a família.
Alimentos  que contêm glúten:  pães, bolos, cereais integrais, cerveja, molho shoyo, barrinha de cereal, bolachas, pães integrais, macarrão, etc.
Exitem no mercado diversos lugares que fazem produtos livres de glúten e outros que ditam receitas com farinhas de quinoa, amido de milho, cereal em pó à base de arroz, esses produtos podem ser encontrados em http://www.alemdonatural.com.br/
Farinha de banana para bolos, biscoitos e pães no http://www.donamari.com.br/
No site http://www.mundoverde.com.br/ poderá encontrar diversas receitas de preparações sem glúten e no http://www.receitassemglúten.hpg.ig.com.br/ .
No http://www.olvebra.com.br/ existem vários produtos já prontos sem Glúten.
Vale a pena conferir também http://www.saudenarede.com.br/
Um texto de: Patricia S. Gomes CRN 27287
A foto foi retirada da internet e está também no meu perfil agora.
Beijos para minhas leitoras.